Não existe Cuba sem Fidel, porque Fidel é Cuba

Sígueme en https://telegram.me/cronicasdeunainquilina

Tradução do Diário Liberdade

A Revolução Cubana é uma das façanhas emblemáticas da humanidade, com propriedade única em humildade e bravura.

Falar em Cuba é falar em consciência, em memória histórica, em identidade, lealdade e solidariedade. Fecundidade.

Há 58 anos surge a pergunta de rigor no imaginário coletivo, manipulado pela midiatização – o que será de Cuba sem Fidel? Fracassará a Revolução? A resposta se encontra no mar bravio, nas montanhas, nas aldeias, no malecón, na raiz das árvores: Cuba sem Fidel é Cuba com Fidel; porque Fidel é Cuba, Cuba é Fidel. Assim como Cuba também é cada um dos que fizeram possível a Revolução.

Não existe Cuba sem Fidel, porque Fidel é o próprio povo, é a mão do componês, a voz dos avós, é a poesia das rodovias, a sombra das palmeiras; a energia da juventude, a inocência das crianças, é o abraço irmão. A Revolução Cubana é o grito sonoro dos rios indômitos, dos campos em flor, da dignidade transformada em aguaceiro e fogueira.

 A Revolução Cubana nos demonstrou durante 58 anos que a resistência é possível, que é possível a libertação dos povos, seu desenvolvimento e progresso. Que a utopia e a loucura, juntas, são a poção perfeita para executar as grandes rebeliões. Porque só os loucos em sua demência são livres.

A Revolução Cubana nos ensina que a integridade, o escrúpulo e a honra são inegociáveis. A Revolução Cubana tem sido caluniada desde quando os barbudos malucos libertaram a ilha, porém Cuba segue educando o mundo; cada segundo, dia a dia, demonstrando sua humildade, sua solidariedade internacional, sua memória histórica e seu amor aos povos em desenvolvimento.

Por mais que digam, por mais que inventem, por mais milhões que gastem para difamá-la nas plataformas que usam para o assalto, Cuba segue sendo livre, país íntegro, próspero e saudável.

No 58º aniversário da Revolução Cubana, honramos a quem se atreveu a sonhar, a lutar e a entregar suas vidas pela libertação do povo cubano. Aos antepassados, aos mártires, aos anônimos, a todos os que desde seu lugar na luta fizeram possível a Cuba de hoje.

Hoje, mais do que nunca, que retumbe o nome de Fidel no eco das montanhas e nas tempestades dos mares despertos.

Longa vida à Revolução Cubana! Viva Fidel! Viva Cuba! Viva a Pátria Grande!

Se você pretende compartilhar esse texto em outro portal ou rede social, por favor mantenha a fonte de informação URL: https://cronicasdeunainquilina.com/2017/01/02/nao-existe-cuba-sem-fidel-porque-fidel-e-cuba/

Ilka Oliva Corado @ilkaolivacorado contacto@cronicasdeunainquilina.com

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s